Cuidados ao correr na chuva

Harry Thomas Jr
Adicionada em 14 de março de 2016

Correr na chuva – muito comum nesta época do ano em boa parte do Brasil – requer alguns cuidados. O primeiro é atentar para os raios. O Brasil é o país com maior incidência de tempestades elétricas do mundo. E raio mata mais do que imaginamos. Segundo o INPE, 1.672 pessoas morreram no país atingidas por eles entre 2000 e 2013.

Uma das regras básicas é nunca se esconder debaixo de árvores e sempre buscar um abrigo seguro. A posição de cócoras é a que os especialistas indicam, é a que devemos ficar quando estamos em campo aberto e os raios começam a cair.

Outro ponto importante é, ao se alongar em parques, sempre dar preferência ao apoio em árvores em detrimento aos postes elétricos feitos ferro, que podem estar com algum problema em seu fio terra – daí, é choque na certa!

Por fim, fique esperto ao pisar sobre as poças d´água que podem camuflar uma boca de lobo aberta.

No mais, salvo esses cuidados básicos, a corrida na chuva é um excelente lava-alma.

 

Harry Thomas Jr

Harry Thomas Jr

Jornalista especializado em corridas de rua desde 1999, Harry competiu pela primeira vez em 1994 e desde então já completou 31 maratonas – sendo três sub 3 horas: São Paulo (2h59min30), Nova York (2h58min20) e Blumenau (2h58min10). Também concluiu seis Ultratrails: 60K Ultratrail Putaendo, 67K Ultratrail Torres del Paine, 50K Indomit Costa Esmeralda e os 50K Ultra Fiord por três vezes. Já correu em países como Argentina, Chile, Estados Unidos, Grécia e Japão.

Ver mais